Sim, sim… estamos atravessando o oceano! Hahahahaha. E a alegria é tanta que o corpo quer atravessar o oceano pela tela do computador! Hahahah. E quase consegue! Às vezes sinto uma alegria tremenda que o corpo fica um degrau acima-lado-trás dele mesmo… e isso é maluco, maluco… é música empolgante prá dançar, dançar rir e chorar… e até desconfio da conexão tempo-espaço… mas talvez a conexão seja tanta que dê para atravessar dimensões. Talvez a alegria vibre as células e os átomos e isso seja mesmo físico… ficamos com mais “degraus”, crescemos! Junto com a alegria toda sinto um pouco de medo kkk como se precisasse segurar para não voar… parece que a alegria encontra a ansiedade e… uhuuuuuu! Loucura, loucura! E continuo a escrita quando esse parágrafo abriu e continua…
Semana passada preparando os petiscos por skype com a Carol os olhos-corpo direcionados para a tela do computador “oi Carol muito prazer” também se abriam para além da tela e enxergavam a sala do apartamento aqui em Curitiba… o calor e o vento no cabelo da Carol na França… e o tremendo frio aqui em Curitiba 8 horas da manhã com chá e coberta. Como estarmos juntos corpo com o computador entre nós? Com o oceano?
Lembro de quando fazia a f.i.a e namorava a distância. Lembro de um casal de amigos que também namoravam há muitos anos à distância e que lá pelas tantas concluíram que não fazia sentido só o bla bla bla frontal via computador… resolveram jogar! Brincar!
Achei muito lindo sentir o rio pedras correndo forte no encontro com a Carol… como já senti muitas vezes aí em Lisboa o corrégo de janeiro, fevereiro, março crescer… juntar-se à outros córregos e córregos e rio abril para a correnteza aumentar maio junho uau! No encontro com a Carol senti a correnteza aumentar por aqui também…
Aqui em Curitiba nos encontramos na última terça-feira e conversamos sobre o Pedras intergalático. A modo de ata – como diz o Marcos – estavamos Mari, Ju Alves, Fer e eu. Vimos a programação juntas… na versão Curitiba a programação nasce um pouco picotada… os petiscos, o ler na rua, os corpos que escrevem no chão, a dança intergalática, o caminhar devagar… parece mágico e muito potente acompanharmos simultaneamente (horário Lisboa – horário Curitiba)… juntos ao mesmo tempo… em diferentes espaços no mesmo planeta…
também ficamos nos perguntando sobre como estarmos juntos Pedras 2017 com o que está acontecendo aqui… com as pequenas práticas cultivadas Curitiba… a feira de orgânicos com as Filhas da Fruta, as práticas na Rua Saldanha Marinho, o pic-nic na praça perto da casa Ju… também no dia-a-dia quando rua e a cidade aparecem são vividas para além dos aros do óculos…
nesta dança aqui – lá surge um possível o ajuste – desajuste das horas… que talvez antecipem ou atrasem os fusos horários…
Já foi lindo o encontro aqui… motivo pra comemorar por si só rs. Só vai começar começando e só está começando porque já começou… ou porque algo continua! Hahahahahahaha. Os barquinhos estavam navegando…
Sinto vontade de compartilhar mais coisas do que estava acontecendo/acontece aqui… parece mesmo que o diálogo intergalático vai descobrindo seus caminhos… e fica algo como “puxa, podia ter escrito no blog”… mas vamos descobrindo e cobrindo também na confiança de que vamos sendo a distância o que somos…
Sofia lembrei muito de ti essa semana sinto uma imensa falta das suas aulas da manhã. Procuro algo por aqui fora e dentro de mim. As aulas de escrita Guida! Como água subterrânea… pano de fundo… as práticas do c.e.m e do pedras corpo cultivar saber corpo e isso tem tudo a ver com o que escreve a Sueli Rolnik o que já é o petisco com a Carol vamos tecendo e remando e nadando já é logo mais segunda feira!
com alegria
Pedras Manual de Estar 2017 Intergalático
conexão  lisboa – curitiba – paris – rio de janeiro – são paulo – bh – buenos aires – lisboa
planeta terra cambio
remando, remando
camila/carmela
curitiba (pr/br)

Advertisements